Crea-ES constata risco alto de deslizamento de terra no bairro Oriente, em Cariacica

Um talude, localizado no bairro Oriente, em Cariacica, pode provocar sérios acidentes com vítimas, caso não haja uma intervenção imediata e emergencial no local.

A constatação é do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Espírito Santo (Crea-ES) que, sob demanda da comunidade, realizou um mapeamento da área durante a manhã desta sexta-feira (2/9).

De acordo com a equipe multidisciplinar do Crea-ES, existe risco de deslizamento de terra e conseqüente desabamento das casas que estão localizadas na parte superior e inferior ao talude.

Os especialistas constataram erosão na parte superior do barranco, rachaduras, risco de penetração de água em casos de chuvas e ameaças de novos deslizamentos, o que coloca, de maneira contumaz, a vida dos moradores e da população do entorno em risco.

O professor e Coordenador da Câmara de Geologia e Minas do Crea-ES, Geólogo Éder Carlos Moreira, que integrou a equipe que vistoriou a região informou que o risco geológico para deslizamentos é alto. “O talude apresenta bastante movimentação de terra.

O solo é arenoso e, caso chova, o perigo aumenta. O risco passa de alto para muito alto, podendo haver novos deslizamentos do talude e desabamento das casas do local, causando vítimas”, explicou.

O presidente do Crea-ES engenheiro Jorge Silva informou que os profissionais do Conselho fizeram junto aos moradores um trabalho de sensibilização sobre o risco geológico que eles estão enfrentando.

“Estivemos com a comunidade e orientamos sobre a situação de risco. Vamos concluir o relatório do mapeamento da área nos próximos dias.

O resultado será apresentado a prefeitura e às defesas civil municipal e estadual. Pediremos uma ação imediata e emergencial ao poder público municipal para garantir a segurança dos moradores da região”, concluiu Jorge Silva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  •  

    Editor:  MTB 735
    Contato: jornalismo@rededenoticias.net.br

  • ×