Espanha mete 7 na Costa Rica

Nesta quarta-feira (23) foi a vez da Espanha humilhar o seu adversário, a Costa Rica, em partida válida pela Copa do Mundo do Catar.

Isso porque a Inglaterra já havia atropelado o Irã nesta terça-feira (22), impondo uma derrota de 6 x 2.

DOMÍNIO TOTAL

A La Roja transformou a superioridade técnica e a enorme fragilidade defensiva dos caribenhos em gols muito rapidamente.

Após duas boas chegadas ao ataque, o primeiro gol foi marcado por Olmo, após assistência de Gavi. Asensio, livre de marcação, marcou o segundo, aos 20. O último do primeiro tempo foi marcado por Ferrán, de pênalti, aos 30.

ATROPELO

A segunda etapa começara havia oito minutos quando Ferrán Torres recebeu na área, tentou a finalização, foi travado, mas girou na sequência e guardou. Foi o quarto gol. O quinto “demorou”. Aos 29, Morata, achou Gavi livre na área, e a finalização pareceu tacada de sinuca.

NA HISTÓRIA

Houve tempo para mais dois gols. Navas interveio com sucesso após cruzamento rasteiro, mas a bola se ofereceu para Soler marcar o sexto gol.

O sétimo foi de Morata, após passe de Olmo. Esta foi a maior goleada da Espanha na história das Copas do Mundo. Superou o 6 a 1 na Bulgária, em 1998.

FICHA TÉCNICA

ESPANHA 7 X 0 COSTA RICA

Estádio: Al Thumama, Doha (QAT)

Data e hora: 23 de novembro de 2022, às 13h (de Brasília)

Árbitro: Mohammed Abdullah Hassan Mohamed (EAU)

Assistentes: Mohamed Alhammadi (EAU) e Hasan Almahri (EAU)

Árbitro de vídeo: Muhammad Bin Jahari (CIN)

Público presente: 40.013 pessoas

Gols: Olmo (11’/1ºT 1-0), Asensio (20’/1ºT 2-0), Ferrán Torres (30’/1ºT 3-0), Ferrán Torres (8’/2ºT 4-0), Gavi (29’/2ºT 5-0), Soler (44’/2ºT 6-0) e Morata (47’/2ºT 7-0)

Cartão amarelo: Calvo (CRC)

Cartão vermelho: Não houve

ESPANHA: Simón, Azpilicueta, Rodri, Laporte e Alba (Balde, 18’/2ºT); Busquets (Koke, 18’/2ºT), Gavi e Pedri (Soler, 12’/2ºT); Ferrán Torres (Morata, 12’/2ºT), Asensio (Nico Williams, 23’/2ºT) e Olmo – Técnico: Luis Enrique.

COSTA RICA: Navas, Fuller, Duarte, Calvo e Oviedo; Celso Borges (Aguilera, 26’/2ºT), Tejeda, Martínez (Watson, Intervalo) e Benette (Bryan Ruiz, 15’/2ºT); Contreras (Zamora, 15’/2ºT) e Campbell – Técnico: Luis Fernando Suárez

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  •  

    Editor:  MTB 735
    Contato: jornalismo@rededenoticias.net.br

  • ×