PM baleado, suspeito morto: moradores no fogo cruzado

Um sargento do Batalhão de Missões Especiais foi recebido a tiros em Planalto Serrano, na Serra.

Outros integrantes do BME ocuparam o bairro e houve confronto.

Moradores de Planalto Serrano relatam que ficaram no meio do fogo cruzado e vivem momentos de tensão desde a tarde de segunda-feira (19) – quando um homem, identificado pela Polícia Militar como Jackson Santos Peligrino, foi preso e levado para a delegacia com arma e drogas.

Após a prisão, houve protesto e bloqueio nos acessos aos blocos B e C no bairro.

A manifestação de moradores entre a noite de segunda e a madrugada de terça-feira (20) terminou com um homem morto e um sargento do Batalhão de Missões Especiais (BME) da PM baleado.

Durante o protesto, a equipe do BME entrou em confronto com manifestantes na entrada do bairro. O sargento da Polícia Militar baleado passa bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  •  

    Editor:  MTB 735
    Contato: jornalismo@rededenoticias.net.br

  • ×