Sábado, 13 de Julho de 2024
°C °C

Pazolini entrega obra na comunidade da sua vice-prefeita nesta sexta-feira

Entrega das obras em São Pedro será a última dentro do prazo legal, dobrando a importância da solenidade

04/07/2024 às 20h07 Atualizada em 05/07/2024 às 09h17
Por: Redação
Compartilhe:
Foto Bruno Rover
Foto Bruno Rover

Após quase um ano afastados, o prefeito de Vitória,  Lorenzo Pazolini (Republicanos), terá um encontro oficial com a sua vice-prefeita,  Capitã Estéfane (Podemos), nesta sexta-feira, 5.

Capitã Estéfane é pré-candidata à prefeitura de Vitória,  justamente contra Pazolini. 

Os dois vão se encontrar na entrega das obras de urbanização e humanização da Orla de São Pedro, justamente na comunidade onde a Capitã Estéfane foi criada.

Prefeito e vice não  se falam e não discutem os problemas da cidade após Pazolini defenestrar a Capitã Estéfane publicamente,  mostrando descontrole.

Pazolini chegou a ser grosseiro em uma solenidade oficial,  tomando o microfone das mãos de Capitã Estéfane na frente de uma plateia atônita.

São Pedro é a comunidade onde a mãe da Capitã Estéfane mora até hoje. Ela não abre mão de estar no palanque oficial,  mas não teme retaliações por parte do staff do prefeito. 

"Estaremos na minha comunidade.  Espero respeito com esse povo que trabalha e constrói uma cidade que vibra e produz", afirmou ao Portal Rede de Notícias. 

Se terá o direito à fala ou não na entrega da obra, a vice-prefeita não parece se intimidar.

"A obra foi iniciada na gestão passada. É uma reivindicação antiga dos moradores.  Demorou 3 anos e meio para que chegasse ao fim", disse.

A reurbanização do local contempla áreas dos bairros São Pedro e Ilha das Caieiras, totalizando um trecho de 1,16 quilômetro, com construção.

A obra conta com estacionamento, paisagismo, passeio contínuo com calçada, ciclovia, deques, arquibancadas alagáveis, rampas, cinco atracadouros e um espaço com pontos de iluminação que geram o efeito de “chão estrelado”.

Parte da obra desabou durante a sua execução, assustando os moradores da região. 

O secretário de obras da Prefeitura de Vitória, Gustavo Perin, informou que o desabamento não impactou o prazo ou custo da obra.

Ainda segundo o secretário da administração municipal, cerca de 30 metros da estrutura caíram. A área fazia parte de uma arquibancada inundada que tinha, no total, 60 metros. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
21h00 Nascer do sol
21h00 Pôr do sol
Dom ° °
Seg ° °
Ter ° °
Qua ° °
Qui ° °
Atualizado às 21h00
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 337,641,19 +1,86%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%