Sábado, 20 de Abril de 2024
°C °C

Governo anuncia redução de homicídios, mas cadáveres se espalham pelo ES

Ponto Belo, Colatina e Ecoporanga registraram baleados e mortos neste fim de semana violento no interior

01/04/2024 às 15h25 Atualizada em 03/04/2024 às 08h56
Por: Redação
Compartilhe:
Foto Alexandre Damazio - Apesar da anunciada redução, população sente-se acuada
Foto Alexandre Damazio - Apesar da anunciada redução, população sente-se acuada

Após mais uma semana de extrema violência no Espírito Santo, com 5 mortos e dois feridos à bala, o governo anunciou que este foi o trimestre em que menos se matou  no Estado em 28 anos.

Em Ecopotranga, um homem de 41 anos foi morto a tiros dentro de um carro no Centro da cidade, no Noroeste do Espírito Santo, na madrugada desta segunda-feira (1º).

Segundo a Polícia Militar, a esposa da vítima chegou logo depois ao local e contou aos policiais que o marido teria se envolvido em uma briga em um bar, o que pode ter motivado o crime.

Ainda em Ecoporanga, na quinta-feira, 28, dois irmãos foram encontrados mortos com perfurações de tiros, no bairro Vila Nova, em Ecoporanga, no Noroeste do Espírito Santo.

As vítimas são moradoras da cidade de Pancas e não tiveram as identidades divulgadas pela Polícia Militar.

Em Ponto Belo, cidade do extremo norte do Espírito Santo, foram sete anos seguidos sem qualquer registro de mortes violentas. A tranquilidade na região foi quebrada neste fim de semana, quando cinco homens armados invadiram uma festa de família e abriram fogo.

Três pessoas foram baleadas, entre elas uma criança de 10 anos de idade, ferida à bala na barriga. Júnior do Carmo Vandel Reis, de 38 anos, morreu após ser socorrido. Já Thales do Carmo Pereira de Souza também foi alvejado, mas sobreviveu ao ataque.

Um homem de 39 anos foi assassinado a tiros no bairro Vila Amélia, em Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, na noite de domingo (31). De acordo com informações da Polícia Militar, Rafael Ferraz de Oliveira estava em um bar quando foi atingido por disparos efetuados por um trio armado – os suspeitos estavam encapuzados e usando roupas pretas.

Ele tentou fugir e entrou em uma casa que estava com a porta aberta, mas foi perseguido e sofreu diversos disparos dentro do imóvel, não resistindo aos ferimentos.

Estatísticas

Mas, de acordo com o governo do Espírito Santo, o Estado terminou o primeiro bimestre de 2024 com o menor número de homicídios registrados para o período, desde 1996. Em janeiro e fevereiro, somados, foram 148 assassinatos, contra 181 no mesmo recorte temporal do ano passado. Ao todo, a redução acumulada no comparativo com 2024 chega a 18,2% até aqui.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Sem foto
Sobre o município
Ver notícias
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
21h00 Nascer do sol
21h00 Pôr do sol
Dom ° °
Seg ° °
Ter ° °
Qua ° °
Qui ° °
Atualizado às 21h00
Economia
Dólar
R$ 5,20 +0,00%
Euro
R$ 5,55 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 349,921,61 -1,45%
Ibovespa
125,124,30 pts 0.75%