Sábado, 20 de Abril de 2024
°C °C

Jovens de Domingos Martins representam o Espírito Santo em Conferência Nacional em Brasília

Os jovens vão refletir ainda sobre as dificuldades vivenciadas pela rede de promoção, proteção e defesa dos direitos para o enfrentamento das violações de direitos humanos de crianças e adolescentes no contexto pandêmico.

03/04/2024 às 09h01 Atualizada em 03/04/2024 às 09h11
Por: Redação
Compartilhe:
Foto Divulgação - Gabriela Bonadimani de Jesus, moradora da Sede, e Enzo Peizino Modolo, morador de Alto Jucu no distrito de Aracê), foram a Brasília-DF participar da 12ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CNDCA)
Foto Divulgação - Gabriela Bonadimani de Jesus, moradora da Sede, e Enzo Peizino Modolo, morador de Alto Jucu no distrito de Aracê), foram a Brasília-DF participar da 12ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CNDCA)

Os adolescentes Gabriela Bonadimani de Jesus, moradora da Sede, e Enzo Peizino Modolo, morador de Alto Jucu no distrito de Aracê), foram a Brasília-DF participar da 12ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CNDCA), que acontece de 02 a 04 de abril de 2024. Representando o Espírito Santo e Domingos Martins, os jovens de 16 anos foram eleitos delegados nas etapas municipal e estadual do evento.

Gabriela é aluna do Ifes Centro-Serrano e Enzo estuda no campus do instituto em Venda Nova do Imigrante. Ambos foram estudantes da rede pública municipal de ensino.  

Entre os objetivos da Conferência está a identificação dos desafios a serem enfrentados durante e após a pandemia de Covid-19 no Brasil. Os jovens vão refletir ainda sobre as dificuldades vivenciadas pela rede de promoção, proteção e defesa dos direitos para o enfrentamento das violações de direitos humanos de crianças e adolescentes no contexto pandêmico.

Desta forma, serão definidas ações para garantir o pleno acesso de crianças e adolescentes às políticas sociais durante e após a pandemia, considerando as especificidades e diversidades de cada um.

Ainda no contexto da pandemia, os jovens devem formular propostas de enfrentamento às consequências das violências contra crianças e adolescentes agravadas pela pandemia de Covid-19.
A ideia é promover e garantir a participação de crianças e adolescentes no processo de discussão sobre os reflexos da pandemia de Covid-19 em suas vidas, bem como na definição de medidas para enfrentamento das vulnerabilidades identificadas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
21h00 Nascer do sol
21h00 Pôr do sol
Dom ° °
Seg ° °
Ter ° °
Qua ° °
Qui ° °
Atualizado às 21h00
Economia
Dólar
R$ 5,20 +0,00%
Euro
R$ 5,55 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 349,921,61 -1,45%
Ibovespa
125,124,30 pts 0.75%