Sexta, 24 de Maio de 2024
°C °C

40% da bancada capixaba votam a favor de mandante da morte de vereadora

Da Vitória, presidente do PP no Espírito Santo, está entre os parlamentares federais que querem a liberdade de Chiquinho Brazão

10/04/2024 às 20h29 Atualizada em 10/04/2024 às 21h07
Por: Redação
Compartilhe:
Foto Montagem - Bancada capixaba é uma das mais rachadas dos últimos anos
Foto Montagem - Bancada capixaba é uma das mais rachadas dos últimos anos

Quatro deputados federais do Espírito Santo votaram pela liberdade do parlamentar acusado de ser o mandante das mortes da vereadora carioca Marielle Franco e seu motorista.

Os deputados Evair Melo, Gilvan da Federal, Messias Donato e Da Vitória, votaram pela soltura de Chiquinho Brazão, o que não ocorreu porque apenas 129 colegas votaram a favor do  preso. Eram necessários 257 votos.

Os deputados Jack Rocha, Helder Salomão, Paulo Foletto, Amaro Neto e Gilson Daniel votaram pela manutenção da prisão. Helder votou online. Ele está na China.

No total, 277 deputados votaram para manter Chiquinho Brazão preso. Da Vitória justificou seu voto alegando que seguiu a Constituição, que não prevê prisão sem flagrante.

Já o deputado Victor Linhalis (Podemos) está nos Estados Unidos, e não votou online.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Rosete Eugênia Bergamo Gomes y Gomes Há 1 mês Itaguaçu ESDizem que bandido vota em bandido. Será que é verdade? Uma vergonha
Mostrar mais comentários