Sábado, 15 de Junho de 2024
°C °C

Preso pela segunda vez por espalhar pornografia infantil no Espírito Santo

Bandido é de Piuma e alimentava uma rede criminosa com imagens de meninas de 7 anos de idade

17/05/2024 às 09h00 Atualizada em 17/05/2024 às 14h00
Por: Redação
Compartilhe:
Foto PF - Homem já havia sido preso pelos mesmos crimes
Foto PF - Homem já havia sido preso pelos mesmos crimes

A Polícia Federal prendeu um homem acusado de disseminar pornografia infantil pelas redes sociais no litoral de Piuma, no Sul do Espírito Santo. 

A Operação Vigilância I foi deflagrada nesta sexta-feira,  17, para cumprimento de um mandado de prisão preventiva e de outro de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Federal de Vitória.

A investigação apura a prática dos crimes graves descritos nos Art. 217-A CP (Estupro de Vulnerável), Art. 241-B ECA (Aquisição/Posse/Armazenamento de pornografia infanto-juvenil), Art. 241-A ECA (Disponibilização/Compartilhamento/Publicação de pornografia infanto-juvenil), Art. 241-C (Simular participação de criança em pornografia) e Art. 240 ECA (Produção de pornografia infanto-juvenil).

A Operação Vigilância I foi deflagrada nesta data, justamente, em homenagem ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que ocorrerá amanhã 18 de maio.

O mês de maio é denominado Maio Laranja, sendo destinado à conscientização sobre o combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes.

Além disso, o dia 18/5 é considerado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, em memória da menina Araceli Cabrera Sánchez Crespo, que foi brutalmente assassinada no dia 18 de maio de 1973, em Vitória/ES.

O corpo foi encontrado seis dias depois do seu desaparecimento, com marcas de extrema violência, abuso sexual e desfigurado por substância ácida.

Além do cumprimento da Prisão Preventiva, o investigado, trabalhador da área de pescados de 38 anos, também foi preso em flagrante pela prática do crime previsto no artigo 241-B ECA (Aquisição/Posse/Armazenamento de pornografia infanto-juvenil), pois foi encontrado em sua posse aproximadamente 1.500 arquivos, dentre os quais há vídeos e imagens, contendo abuso sexual infantil em sua maioria envolvendo crianças menores de 07 anos de idade.

Além de imagens de pessoas reais, muitas outras imagens produzidas com inteligência artificial (Art. 241-C do ECA) em formato 3D realístico foram encontrados e são capazes de ressaltar o dolo do suspeito.

Cabe dizer que o investigado já foi preso anteriormente por posse de cerca de 3.000 (três mil) fotos pornográficas envolvendo meninas na faixa etária dos 7 (sete) anos de idade.

Material apreendido na casa de suspeito de disseminar pornografia infantil 

 

Na residência do investigado foram apreendidos 2 celulares, 2 Hds, 2 pendrives e um cartão de memória com suspeita de conterem mídias de violência sexual.

O investigado será ouvido em termo de interrogatório e encaminhado ao sistema prisional.

As investigações prosseguem sendo conduzidas pelos policiais federais que atuam na Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos da PF, para comprovar a participação deste e outros suspeitos que têm atuação criminosa na rede mundial de computadores.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários