Sábado, 15 de Junho de 2024
°C °C

Famílias deixam de comer para pagar conta de energia

“Ou a gente come, ou paga a conta de luz"

05/06/2024 às 17h52 Atualizada em 11/06/2024 às 07h05
Por: Redação
Compartilhe:
Foto Alexandre Damazio
Foto Alexandre Damazio

A reportagem do Portal Rede de Notícias visitou o bairro São José,  na Grande São Pedro, em Vitória, e constatou uma triste realidade, comum na capital do Espírito Santo: muitas famílias deixam de comprar comida para pagar a conta de energia elétrica. 

Dona de uma casa meio de madeira meio de tijolos, a Dona Maria Aparecida, de 67 anos, afirmou que com a renda de sua aposentadoria fica difícil comer e pagar todas as contas do lar.

"Meu neto está desempregado e faz bicos que mal garantem o arroz na mesa. Então o jeito é cortar aqui, ali e tentar viver com o pouco que temos. Já teve mês que não compramos carne ou frango, o dinheiro não deu", desabafa. 

Maria Aparecida se enquadra nos entevistados por uma pesquisa realizada pelo Instituto Pólis, que revelou que 25% dos brasileiros mais pobres deixam de comprar comida para pagar a conta de luz.

Além disso, 53% das famílias que possuem renda familiar de até um salário mínimo afirmam que a energia consome metade do orçamento.

O peso da conta de luz no orçamento é maior entre as pessoas negras. Ao todo, 68% estão com a conta de atrasada. A taxa de inadimplência cai para 31% entre os brancos.

Também existem diferenças regionais. As famílias do Norte e Nordeste são as que mais têm a renda comprometida com gastos energéticos. São 65% dos nortistas e 52% dos nordestinos.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários