Sábado, 15 de Junho de 2024
°C °C

"As Quatro Estações" numa releitura da Trupe Barroca em Vitória

Músicos começam apresentações nacionais pela capital capixaba

24/05/2023 às 18h48 Atualizada em 25/05/2023 às 10h30
Por: Redação
Compartilhe:
Apresentação será no dia 26 de maio, na Igreja de São Gonçalo, na Cidade Alta, com entradas gratuitas. Tour levará o espetáculo, ainda, para São Luís e Belém
Apresentação será no dia 26 de maio, na Igreja de São Gonçalo, na Cidade Alta, com entradas gratuitas. Tour levará o espetáculo, ainda, para São Luís e Belém

A Trupe Barroca vai se apresentar em Vitória com o projeto turnê “As Quatro Estações”, que percorrerá três capitais brasileiras e terá como palco importantes locais históricos.

A primeira das três apresentações gratuitas ocorrerá no dia 26 de maio, às 20 horas, na Igreja de São Gonçalo, na Cidade Alta, no Centro da capital capixaba.

Em seguida, os músicos partirão para o Nordeste e o Norte do país, onde executarão o espetáculo em São Luís (MA), no Teatro Arthur Azevedo, no dia 31 de maio; e em Belém (PA), na Catedral Metropolitana de Belém, em 2 de junho.

Além dos concertos, A Trupe Barroca fará, em cada cidade, um ensaio aberto para estudantes de escolas públicas e um master classes para alunos de instrumentos de cordas.

“As Quatro Estações”, composta por Vivaldi, terá a regência do maestro Sérgio Dias e participação especial do violinista francês Xavier Lucien-Laferriere, um dos mais conceituados intérpretes da música barroca na atualidade. Formado pelo Conservatório Nacional Superior de Música de Paris, o instrumentista já se apresentou em diversos países da Europa, Ásia e América do Sul, como solista ou integrante de renomados conjuntos de música antiga. Ele é o diretor artístico do Festival de Bordeaux: Festes Baroques en Terre des Graves e do conjunto Sauternais, ambos dedicados à música antiga.

A turnê é uma realização da Associação Cultural Ricardina Stamato (Acris), instituição com mais de 40 anos de trabalhos voltados à divulgação e valorização da cultura, com o apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura.

O projeto levará ao público, entre outras obras, a beleza e a expressividade da famosa composição de Antonio Vivaldi, inspirada nas mudanças climáticas e nos fenômenos da natureza ao longo do ano.

O espaço escolhido para a receber o espetáculo na capital capixaba alinha-se ao propósito do projeto de incentivar o resgate histórico-cultural. Erguida no século XVIII, a Igreja de São Gonçalo foi construída em pedra e cal. Conhecida como “a igreja dos casamentos duradouros”, foi edificada pela irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte e Assunção, originalmente Irmãos Pardos.

Do estilo barroco, o templo mantém o frontão composto por volutas e pináculos simples que emolduram um óculo fechado com caixilho de madeira e vidro.

Os ingressos podem ser retirados na data do evento, no próprio local.

  Acris

A Associação Cultural Ricardina Stamato (Acris) é uma instituição sem fins lucrativos que tem por objetivo promover e fomentar cursos ou eventos culturais e artísticos, podendo para tanto celebrar parcerias com instituições públicas ou privadas e pessoas físicas ou jurídicas.

Dessa forma, incentiva atividades artísticas das mais variadas, como concertos, recitais, festivais de música e encontros literários, entre outras.

  A Trupe Barroca

Com quase seis anos de atividades, A Trupe Barroca se destaca pelo trabalho de resgate da música antiga.

A orquestra possui o maior acervo de instrumentos históricos do Brasil. Fundada originalmente com o nome de Victoria Ensamble, apresentou com importantes nomes do cenário musical brasileiro.

A partir de 2017, assumiu a proposta ousada de se dedicar exclusivamente ao repertório dos séculos XVII e XVIII, utilizando-se de instrumentos históricos ou cópias perfeitas e investindo em pesquisa e nas sutilezas das interpretações historicamente orientadas.

O grupo fez, em dezembro de 2017, a sua reestreia com um concerto de Natal. Em 2021, A Trupe Barroca e os coros Vivace e Opus Libere foram responsáveis pela primeira execução histórica com todos os instrumentos indicados pelo compositor da “Paixão Segundo São João”, de J. S. Bach. Em 2022, a Catedral de Vitória voltou a receber o Concerto Natalino, que também teve como palco o Santuário de Anchieta.

 SERVIÇO

Concerto “As Quatro Estações” – Por A Trupe Barroca

Estreia: no próximo dia 26 de maio, às 20 horas, em Vitória. Local: Igreja de São Gonçalo, na Cidade Alta, Centro de Vitória.

Regência: maestro Sérgio Dias

Participação especial do violinista francês: Xavier Lucien-Laferriere

Ingressos: gratuitos. Retirada no local do evento.

Mais informações:

Lore Comunicação: 3029-7923 / 98161-9899

·      

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários