Sábado, 15 de Junho de 2024
°C °C

Rede Vitória multada em R$ 416 mil por jornadas excessivas de trabalho

O Ministério Público do Trabalho multou a Rede Vitória (Record no ES) em R$ 416.525,00, a ser revertido ao Fundo de Amparo ao Trabalhador — FAT.

17/11/2023 às 17h49 Atualizada em 20/11/2023 às 07h39
Por: Redação
Compartilhe:
Rede Vitória multada em R$ 416 mil por jornadas excessivas de trabalho

Braço de Mídia do Grupo Buaiz, a Rede Vitória,  que engloba um sistema de televisão, Internet e radios, foi multada em R$ 416 mil por descumprir jornadas de trabalho

O dinheiro, um montante de 416.525,00,  será revertido ao Fundo de Amparo ao Trabalhador — FAT.

A penalidade foi imposta pelo MPT após a emissora ter descumprido às cláusulas 1ª e 2ª do TAC n.º 118/2015 quanto a não concessão do intervalo intrajornada, interjornada e extrapolação da jornada diária além do limite legal estabelecido.

A denúncia partiu dos sindicatos dos Jornalistas e dos Radialistas no Espírito Santo, que levaram ao MPT, as inúmeras reclamações por parte dos profissionais da emissora quanto ao desrespeito às jornadas de trabalho ao extrapolar frequentemente a carga horária legal, além de infringir os direitos à intrajornada e interjornada, como de intervalos para lanches e almoço.

Mesmo após ter sido notificada, em audiência, para apresentar manifestação quanto às irregularidades encontradas, a Rede Vitória permaneceu sem se manifestar, comprovando a burla à legislação vigente.

O Sindijornalistas está estudando junto ao jurídico da entidade medidas que garantam, além do respeito à jornada conforme previsto na legislação e convenção da categoria, medidas judiciais que reparem todo o período em que os profissionais realizaram jornada acima do permitido.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários