Sábado, 24 de Fevereiro de 2024
°C °C

Nesse sol, lábios precisam de proteção para evitar câncer

Uso de protetor e hidratação são cuidados básicos com a pele

08/12/2023 às 07h03 Atualizada em 08/12/2023 às 07h22
Por: Redação
Compartilhe:
Os principais sintomas desse tipo de câncer são feridas nos lábios que não cicatrizam em mais de duas semanas, sangramentos ou caroços semelhantes a verrugas.
Os principais sintomas desse tipo de câncer são feridas nos lábios que não cicatrizam em mais de duas semanas, sangramentos ou caroços semelhantes a verrugas.

O uso diário do filtro solar é fundamental para prevenir o câncer de pele e problemas, como envelhecimento precoce, manchas e outros prejuízos à pele do rosto e do corpo.

Mas uma parte do corpo ainda muito negligenciada é a região dos lábios, aumentando o risco de câncer labial.

A dentista oncológica Beatriz Coutens explicou que a neoplasia maligna que afeta a região labial se desenvolve, principalmente, por causa da exposição ao sol sem proteção. Por isso, a especialista alerta que é fundamental usar filtro solar diariamente nos lábios.

“Por terem a pele muito fina, os lábios compreendem uma área bastante suscetível à incidência da ação agressiva dos raios solares, por isso, é fundamental que a região esteja sempre protegida. Muitas pessoas, contudo, acabam esquecendo desse cuidado preventivo, até porque o câncer labial não é muito falado como as outras neoplasias mais comuns”, ressaltou Beatriz.

Atletas e pessoas que trabalham em áreas abertas são mais propensas a esse tipo de câncer. “Ainda é comum a pessoa usar filtro solar em todo o corpo e esquecer dos lábios, seja na praia ou no dia a dia. Por essa razão, o carcinoma espinocelular, um dos cânceres de pele mais comuns na região da face, tem maior incidência na região dos lábios”, explicou a dentista oncológica.

Os principais sintomas desse tipo de câncer são feridas nos lábios que não cicatrizam em mais de duas semanas, sangramentos ou caroços semelhantes a verrugas.

“Se descoberta no início, essa neoplasia apresenta altas chances de cura. Por isso, ao apresentar sinais e sintomas suspeitos, é importante mostrar ao médico ou ao seu dentista. Esse tipo de câncer pode trazer sequelas graves, como cicatrizes e até mutilação da parte afetada membro”, alertou Beatriz Coutens.

A médica oncologista Virgínia Altoé Sessa ressaltou que evitar expor os lábios aos raios solares é a medida preventiva mais importante.

“Vale lembrar que a ingestão excessiva de bebidas alcoólicas e o tabagismo são outros fatores de risco para o câncer labial”, esclareceu a médica.

Outra medida de prevenção é consultar o dentista regularmente.

“Além de cuidar dos dentes, esse profissional é capaz de identificar lesões suspeitas nos lábios e no interior da boca e encaminhar o paciente ao médico para uma investigação dessa lesão”, alertou a oncologista.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
21h00 Nascer do sol
21h00 Pôr do sol
Dom ° °
Seg ° °
Ter ° °
Qua ° °
Qui ° °
Atualizado às 21h00
Economia
Dólar
R$ 5,00 0,00%
Euro
R$ 5,41 +0,13%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,59%
Bitcoin
R$ 273,348,88 +1,17%
Ibovespa
129,418,73 pts -0.63%