Sábado, 24 de Fevereiro de 2024
°C °C

Desigualdade explode e 5% da população embolsam 40% da renda do Brasil

O reflexo disso é o aumento da violência, tráfico e corrupção

18/01/2024 às 08h40 Atualizada em 18/01/2024 às 10h51
Por: Redação
Compartilhe:
A escada para sair da pobreza ficou ainda elevada entre as classes mais baixas - Foto Alexandre Damazio
A escada para sair da pobreza ficou ainda elevada entre as classes mais baixas - Foto Alexandre Damazio

Apenas 5% da população brasileira levam para casa, todo mês, 40% de toda renda produzida no Brasil.

De acordo com levantamento feito pela Fundação Getulio Vargas (FGV), com base nos dados do Imposto, os 5% mais ricos detinham 39,9% da renda nacional em 2022, acima dos 36,5% registrados em 2017.

No momento em que o governo precisa apresentar a reforma tributária dos impostos diretos como os de renda, esses dados indicam que os mais ricos pagam uma alíquota bem menor que a classe média.

Enquanto a maioria da população adulta teve um crescimento nominal médio de 33% em sua renda no período de cinco anos, marcado pela pandemia, a variação registrada pelos mais ricos foi de 51%, 67% e 87% nos estratos mais seletos, (entre 5%, 1% e 0,1% mais ricos).

Entre os 15 mil milionários que compõe o 0,01% mais rico, o crescimento foi ainda maior: 96%", diz o estudo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Sem foto
Sobre o município
Ver notícias
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
21h00 Nascer do sol
21h00 Pôr do sol
Dom ° °
Seg ° °
Ter ° °
Qua ° °
Qui ° °
Atualizado às 21h00
Economia
Dólar
R$ 5,00 0,00%
Euro
R$ 5,41 +0,13%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,59%
Bitcoin
R$ 273,212,95 +1,12%
Ibovespa
129,418,73 pts -0.63%