Sábado, 20 de Abril de 2024
°C °C

MORADORES E SERVIDORES DE BREJETUBA SE REVOLTAM CONTRA SUPERAUMENTO

Projeto que pode aumentar o salário do prefeito em 62% e dobrar os vencimentos dos vereadores será votado nesta terça-feira, 26

26/03/2024 às 13h36 Atualizada em 27/03/2024 às 14h38
Por: Redação
Compartilhe:
Foto Alexandre Damazio - Cidade está revoltada com aumento de salários, que podem chegar ao dobro
Foto Alexandre Damazio - Cidade está revoltada com aumento de salários, que podem chegar ao dobro

Caiu como uma bomba em Brejetuba, cidade do interior do Espírito Santo, a notícia veiculada com exclusividade pelo Portal Rede de Notícias de que os salários do prefeito e dos vereadores da cidade podem ter um superaumento, chegando a dobrar no caso dos parlamentares.

Nas redes sociais, centenas de moradores mostraram a sua indignação pelo aumento, considerado absurdo diante dos inúmeros problemas enfrentados pela população na cidade.   

Para se ter uma ideia do tamanho do disparate, segundo dados do Sindicato dos Servidores Municipais de Brejetuba, cerca de 100 servidores da prefeitura sequer ganham um salário mínimo por mês.

Cabe ao prefeito Levi Marques de Souza (PDT) fazer uma complementação salarial para cumprir a legislação, que diz:  "A remuneração do empregado pode até variar de acordo com a quantidade de horas trabalhadas ou de unidades produzidas, mas não pode ser inferior ao valor do salário mínimo mensal". O prefeito Levi Marques também não retornou nosso  contato.

Ainda de acordo com o Sindicato dos Servidores, o aumento é ainda mais absurdo diante da defasagem salarial vigente entre os servidores da cidade: "No entanto, a defasagem salarial dos servidores públicos também está bastante alargada. Um exemplo, o piso do magistério: defasagem de quase 75%", afirmou um membro da instituição que preferiu não ter seu nome revelado nesta reportagem.

O projeto entra em pauta na sessão desta terça-feira, 26, no plenário da Câmara de Brejetuba. Pelo documento, os vereadores passam a ganhar a partir do ano que vem R$ 6.000,00 (seis mil Reais). Um aumento de quase 100% em relação ao salário atual. Já o salário do prefeito passaria de R$ 8,9 mil para R$ 13.000,00 (treze mil Reais). Um aumento de 62% nos vencimentos.

Após a repercussão negativa do superaumento, vereadores e assessores que ignoraram as mensagens do Portal Rede de Notícias, entraram em contato com a redação. 

Um deles foi o vereador Antônio Neto. Por meio de áudio e mensagem de texto, o parlamentar disse que: "da maneira que está o texto do projeto, irei votar contra. Acho que precisa de uma discussão sobre o projeto", afirmou.

Já o controlador geral da Câmara de Vereadores de Brejetuba, Deartagnam de Souza Cabral, que também não atendeu o rededenoticias.net.br, nesta segunda-feira, 25, retornou as mensagens nesta terça-feira afirmando que: "a reportagem tem vários equivocos".

Ainda ontem o vereador Antônio da Saúde já havia se manifestado não contra o projeto, mas contra o percentual de aumento dado de uma só vez. "Vamos discutir um percentual que seja justo", afirmou.

O presidente da Câmara, Jairo Cunha, alterou o horário de uma reunião que acontece antes das sessões para debater o projeto, o que deveria ter sido feito antes da elaboração do mesmo.

Além do projeto do aumento de salários de prefeito e parlamentares, também estará em pauta a criação de um cargo a ser dado a um servidor que já trabalha na Câmara de Vereadores, com salário de R$ 4,5 mil. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade
% (mm) Chance de chuva
21h00 Nascer do sol
21h00 Pôr do sol
Dom ° °
Seg ° °
Ter ° °
Qua ° °
Qui ° °
Atualizado às 21h00
Economia
Dólar
R$ 5,20 +0,00%
Euro
R$ 5,55 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 350,805,77 -1,21%
Ibovespa
125,124,30 pts 0.75%