Sábado, 15 de Junho de 2024
°C °C

Pai deixa filha trancada em carro para transar com amigos em Terminal

A criança relatou que não era a primeira vez

23/03/2023 às 08h21
Por: Redação
Compartilhe:
A PM foi acionada após uma denúncia anônima de que quatro homens estariam tendo relações sexuais dentro do banheiro
A PM foi acionada após uma denúncia anônima de que quatro homens estariam tendo relações sexuais dentro do banheiro

A Polícia Militar foi acionada após uma denúncia anônima de que quatro homens estariam tendo relações sexuais dentro do banheiro do Terminal Rodoviário de Anápolis (GO). Ao chegar no local, os policiais encontraram um homem de 42 anos que seria conduzido à delegacia quando revelou aos PMs que a filha dele, de 7 anos, estava trancada dentro de um carro, no estacionamento do Terminal, à sua espera.

O homem, de 42 anos, foi conduzido à delegacia e confessou que deixou a filha, de 7 anos, trancada dentro do carro enquanto participava de um sexo grupal dentro do banheiro do Terminal Rodoviário de Anápolis. 

O pai confessou ter mantidos relações sexuais dentro do banheiro e que o veículo dele estava no estacionamento da rodoviária. A corporação afirma que, assim que chegou no veículo, se deparou com a criança trancada dentro do carro, que estava com as janelas “fechadas quase por completo”.

A criança relatou que não era a primeira vez que o homem a deixava trancada dentro do carro. A PM informou que o suspeito chegou a ser conduzido para a Central de Flagrantes da cidade, onde alegou que foi a primeira vez que deixou a criança sozinha. Ele acabou sendo liberado.

 

O caso foi encaminhado à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Anápolis, que instaurou um inquérito policial pelo crime de abandono de incapaz agravado, cuja pena pode chegar a três anos de detenção.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários