Sábado, 15 de Junho de 2024
°C °C

Pazolini e Governo do Estado abandonam Centro Cultural e cavalo pasta onde deveria ter arte

Carmélia Maria de Souza, agitadora cultural capixaba, deve estar bem triste

27/04/2023 às 07h31 Atualizada em 27/04/2023 às 15h12
Por: Redação
Compartilhe:
Animal compõe o cenário de abandono do Centro Cultural Carmélia Maria de Souza, em Vitória
Animal compõe o cenário de abandono do Centro Cultural Carmélia Maria de Souza, em Vitória

Um cavalo branco é o único admirador do espetáculo de abandono do Centro Cultural Carmélia Maria de Souza, localizado no bairro Mario Cypresti, em Vitória, a capital do Espírito Santo.  

O animal pertence a um morador da região que, aproveitando do descaso da atual administração municipal com a Cultura, alimenta seu cavalo com o mato alto que cresce no Centro Cultural. 

O cavalo precisou ser amarrado porque vinha comendo o lixo jogado no entorno do Carmélia pelos moradores de Santo Antônio, Caratoira e Mário Cypresti. 

As quadras de esporte foram tomadas pelo mato e o concreto despareceu. As traves estão caindo, não há mais tabelas de basquete e os usuários de droga fazem a festa no local.

Dentro do prédio o que se vê é mais abandono. Portas quebradas, banheiros interditados e até um caminhão de frete está sendo guardado dentro do que deveria ser um espaço de louvor à arte e cultura.

O prefeito Pazolini (Republicanos) até ensaiou uma reforma no espaço cultural, que contava com teatro, biblioteca e até cinema. Mas as obras não foram à frente e o Carmélia continua jogado à própria sorte. 

Já o governo do Estado iniciou reformas na região, mas nada avançou. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários